segunda-feira, 28 de abril de 2008

PODCAST

Impressionante!
Toda a máquina da educação superior está parada, desde as 15:00 horas de hoje.
Tudo em 'suspense' para ouvir o podcast do Zé.



Que futuro para a educação superior pública, em Portugal?

Reestruturação dos cursos... Financiamento... Novos Métodos... Ligação entre as universidades e o mundo do trabalho...

16:12 Antena UM
● As instituições da educação superior vivem dificuldades financeiras…
● O Governo sugere que a transferência em Fundação é, para uma IES, a melhor garantia para usufruir maior autonomia.

MG: é; o que; não; bzbzbzbzbzbz
É importante a flexibilidade na frequência de cursos e disciplinas…
Esta coisa dos currículos mistos…
16:23 Desculpem lá, que eu vou ali e venho já.

Diz Manuel Heitor: O processo de Bologna bzbzbzbzbzbz

Entra António Nóvoa (UL): A U.L. acabou de aprovar novos estatutos.
É preciso maior diversidade do sistema.
É preciso maior autonomia das entidades do sistema.
É preciso maior abertura do sistema.
É preciso melhor informação aos estudantes.
O financiamento da UL é crítico.
A UL mantém o estatuto de instituição pública.
5 grandes áreas estratégicas.
Grande aposta na modernização da gestão da UL.

Entra Marques dos Santos (UP): Vamos obter um consenso alargado para avançar na direcção da Fundação.
Na nossa Fundação Pública o Estado tem toda a responsabilidade uma vez que somos uma instituição pública.
Não há nenhum argumento contra o modelo fundacional.

Entra Manuel Frederico Tojal de Valsassina Heitor: O objectivo estratégico do Governo é a integração num modelo europeu.
Bzbzbzbzbzbz

Entra João Guerreiro (UAlg): Dificuldades financeiras?

Hummmm… houve um desequilíbrio em 2007.
Tirando isso… está tudo bem.
O futuro é saltar as fronteiras.
Queremos alunos da Andaluzia, do Brasil, de Angola, Yemen, Iraque, Afeganistão…
Fundação? Sim daqui a dois ou três anos.
Tirando isso… está tudo bem.

Entra Jorge Araújo (UE): Modelo fundacional não está explicitado.
A envolvente da U.E. não suporta o financiamento da universidade.
Lamentamos que a Academia do SUL esteja limitada às universidades de Évora e do Algarve. O MCTES não deixa que os Politécnicos da região se associem ao consórcio.

Entra Manuel Heitor: Consórcios são peça central…
Alargar a base do sistema.
Reforçar o sistema binário.
Consórcios só da mesma natureza.
Universidades e Politécnicos não podem juntar-se em consórcios porque isso contraria as orientações da OCDE.

Entra Luciano Almeida (CCISP): Fundações? Consórcios?
A lei veda a fusão de Us e de Ps.
O Relatório da OCDE desencoraja a fusão mas nada diz contra consórcios entre Us e Ps.
O problema é a oportunidade política.
Falta legislação sobre os consórcios.
Há Politécnicos pequeninhos. Há Universidades pequeninhas.
Fundação? É uma falsa questão.

Entra Pedro Saraiva (UC): Bzbzbzbzbzbzbzbz
Muitas reticências ao novo modelo de financiamento.
Bzbzbzbzbzbzbzbz

SNESUP: diz que as razões financeiras não dão opção ao modelo fundacional.

ISCTE: As transferências financeiras do Estado são diminutas.

Entra António Nóvoa (UL): 3 pontos a reter deste debate
(1) Sub-Financiamento; é impossível desenvolver a Educação Superior com este nível de financiamento.
(2) Impossível recrutar docentes de elevado nível.
(3) Não se deu nenhum passo para reorganizar a educação superior. Mesmos cursos; mesmas instituições.
Dar liberdade às instituições.
É preciso avaliá-las.
Não preciso montar um excesso de normalização.
Garantir melhor relacionamento entre os subsistemas.
Ver o exemplo da U. NY e o Politécnico de Brooklin.

Entra Manuel Heitor: Mais financiamento… mais financiamento.

Entram os representantes dos Estudantes
Entra a Vice-Reitora da Universidade de Aveiro.
Entra a Vice-Reitora da Universidade Nova de Lisboa

SAIO EU!

4 comentários:

J. Cadima Ribeiro disse...

Caro Alexandre Sousa,
Excelente reportagem! Está de parabéns.
Invejo-lhe também a paciência para escutar estas balelas. Há muito que o meu nível de tolerância disparou.
Percebeu a motivação próxima desta acção de propaganda do Zé Mariano & Cia?
Um abraço,

MJMatos disse...

Por acaso não gravou? Eu só tenho a parte final, mais ou menos desde P. Saraiva.

Alexandre Sousa disse...

Ouvir formato audio:
http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php
Ver no ecrã:
Mariano Gago
Audio
entrevistado por Andreia Brito

Vasco Duarte Eiriz de Sousa disse...

Acabo de ler o seu relato e fiquei com a ideia de que não perdi nada de substancial...